quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Em busca do El Dorado...


Como diz meu sobrinho: Ema, ema, ema, cada um com seus problemas...




Enquanto eu espero o torneiro terminar uma peça de alumínio de R$ 10,00, resolvi ir adiantando alguns assuntos...


Quando me perguntavam " o que você vai fazer lá?" eu respondia: Fugir do programa do Fausto Silva!  Mas a vocês, fiés seguidores deste blog, eu devo uma resposta melhor.




Representação de Zipa,  modelo está em exposição no Museu do Ouro, em Bogotá,Colômbia.





















Em algum lugar beeeem a Oeste de onde estou, por cima de umas montanhas  beeeem altas, existe uma cidade chamada Manoa, à beira de um lago chamado Parime.

Parime é a capital de uma província riquíssima em ouro e uma vez por ano, seu rei, Zipa,  tem seu corpo coberto de ouro em pó, entra no lago e se banha, acumulando todo o ouro no fundo do lago, isto vem se repetindo desde os primórdios da civilização.

Ao longo do tempo a lenda foi beeeem aumentada, beeeem exagerada, beeeem modificada...  mas esta é, resumidamente, a lenda do El Dorado

Esta história fantástica começa a tomar corpo a partir de 1504 quando um índio foi a San Francisco de Quito (atual Equador) pedir ajuda aos espanhóis para a guerra que seu povo travava contra a tribo Muísca. Em troca, o indio levaria os Espanhois (totalmente obcecados por ouro) até o fantástico lago Parime.

Desde então, esta lenda tomou vários formatos, dependendo da região e dos gananciosos exploradores portugueses, espanhóis, ingleses, dos bandeirantes e da turma da serra pelada. 

Mas a essência sempre foi a mesma: em algum lugar nestas montanhas existe mais riqueza do que você almeja! 

Leia sobre as peripécias do fanático Francisco Pizarro, e dos aceclas que o seguiam, Major Fawcett, Borba Gato e outros para ter uma noção da capacidade de mover e destruir que o El Dorado possui!!!

Eu também vim para estes cantos atrás do meu El Dorado. 
Embora eu tenha certeza de que o que é ouro não brilha e  nem todos que vagam por aí estão sem rumo... 




"The real voyage of discovery consists not in seeing new landscapes, but in having new eyes." -Marcel Proust 


Also in having your bike fixed!!!




Clique no link " MEU CANAL UTUBE", logo abaixo da imagem da máquina fotográfica e assista  aos vários vídeos deste projeto!!!

Férias forçadas...

Bem... como voces sabem, ontem o dia não acabou nada bem...


Logo as oito e meia o simpático taxista estava no hotel e fomos direto para a revendedora Yamaha.






O culpado: vazamento na saiida de alta pressão da bomba de gasolina....


Fui muitíssimo bem recebido!  gente Muito alegre  e mais do que disposta a ajudar. Haviam também vários outros viajantes e fiz novos amigos!


Mostrei onde era o vazamento, o Paulo e Fabiano da BMW de S Paulo ficaram comigo no celular ajudando muito. O Rafael, dono da limpíssima oficina até encontrou uma outra GS que poderia ser a doadora das peças. Mas eu não consegui nenhuma garantia de reposição, por que a tal da peça não existe no Brasil. Quando nos encontramos com o dilema, eu não esquentei a cabeça: vamos produzir uma em metal.


Neste instante estou no hotel esperando a tal peça ficar pronta....


Saldo do dia: descansei, conheci gente nova, agradeci que esta pane não ocorreu no meio da PQP e fiquei atormentando meus amigos no face book.


Vamos ver se a coisa fica pronta até as 17:00... daaaaiii eu vou repensar todo o roteiro!!!